Siga-nos

Educação

Edição 2022 dos jogos escolares da Bahia movimentam estudantes das escolas Estaduais de Barreiras

Os Jogos Escolares da Bahia (JEB) dão prosseguimento às ações de fortalecimento e fomento da cultura corporal no currículo da Educação Básica…

Publicado

em

Jogos Escolares da Bahia

Secretária de Educação do Estado Lança Jogos Escolares da Bahia | Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Os Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP), promovidos pela Secretaria da Educação, prometem agitar a cena esportiva nas escolas da capital e do interior até o final do ano. As disputas acontecem nos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), com a participação de estudantes e professores das redes públicas municipais, estadual e federal. Além da etapa escolar, realizadas nas escolas em todo o estado da Bahia desde o início do ano letivo, serão realizadas até o mês de dezembro, as etapas municipais, polos, territoriais, zonal, regional e nacional.

Com o tema “Esporte educacional como estratégia de inclusão e busca ativa na Bahia” o projeto para este ano se constitui como uma grande ação que envolve as escolas das redes públicas municipais e estadual, além da rede privada de todo o estado. Os Jogos Escolares da Bahia (JEB) dão prosseguimento às ações de fortalecimento e fomento da cultura corporal no currículo da Educação Básica.

Neste ano, após dois anos de pandemia, a expectativa é que a participação seja superior aos números de 2019, quando foram celebrados dez anos dos jogos com a presença de mais de 148 mil estudantes em 384 municípios. As etapas Escolar, Municipal, Polos, Territorial e Inter territorial, que estão sendo realizadas desde o mês de março, seguem até o mês de julho.

Depois das seletivas, acontecerá a Etapa Estadual, no mês de agosto. Os campeões da etapa estadual, com idade entre 15 e 17 anos, participarão dos Jogos da Juventude, no mês de setembro, em Aracaju. E os com idade entre 12 e 14 anos disputarão os Jogos Escolares Brasileiros, no mês de novembro, no Rio de Janeiro.

De acordo com Isolda Maia, atual gestora do NTE 11 em Barreiras, atualmente há vários projetos em andamento na secretaria de educação e um dos projet os é justamente os jogos estudantis da Bahia. “Antes a gente tinha uma dificuldade muito grande para realizar os jogos estudantis aqui no nosso município, mas agora a gente tem uma logística muito boa, temos os alunos que ganham nos seus municípios e vem jogar em Barreiras. Essa semana nós passamos a semana toda com esses jogos e ainda temos várias etapas até chegarmos à etapa municipal. Então os meninos ficam muito entusiasmados porque eles se deslocam dos seus municípios para cá e vem jogar com os colegas”

comenta Isolda.

De acordo com informações de Isolda Maia, tudo está transcorrendo muito bem com a realização dos jogos estudantis no município. “Nós não tivemos nenhum transtorno até agora. Não tivemos nenhum aluno que torceu o pé ou machucou a mão, coisa que a gente sabe que acontece nesse tipo de evento, mas eles são acompanhados pelos gestores da unidade escolar, pelos professores de educação física, pelo nosso articulador principal que é o professor Milton de educação física e esses jogos estão acontecendo no ginásio Baltazarino Andrade e nas nossas escolas que tem as quadras poliesportivas então”, informa Isolda.

Conforme Isolda, a cada ano os jogos estudantis estão melhorando e crescendo no município. O fluxo de alunos que participam é muito grande aqui em Barreiras. De acordo com ela, “é muito bom a gente ver a alegria desses alunos com esses jogos porque jogo é vida e eles ficaram sem poder jogar por dois anos e agora que voltou, estão se empenhando muito e isso é muito importante para o desenvolvimento deles”.

Fala Barreiras