Siga-nos

Educação

Colégio de Tempo Integral de Formosa do Rio Preto será inaugurado ainda neste 1º semestre

Diretora do NTE, Izolda Maia, visitou o município para tratar sobre os trâmites de inauguração

Publicado

em

Imagem ilustrativa | Foto: Reprodução Sigi Vilares

Na manhã de terça-feira, 17, o prefeito de Formosa do Rio Preto, Manoel Afonso de Araújo, recebeu em seu gabinete a diretora, Izolda Maia, e a técnica administrativa, Evana Ferreira, do Núcleo Territorial de Educação (NTE 11), para tratar sobre os trâmites de inauguração ainda neste primeiro semestre do Colégio de Tempo Integral que está sendo construído no centro da cidade, por meio de uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Formosa do Rio Preto.

“Estamos aqui representando a Secretaria de Educação do Estado. O objetivo do Governo é transformar a educação na Bahia fortalecendo a aprendizagem dos alunos, com escolas mais atrativas e que ofertem educação em tempo integral para que os jovens tenham pleno acesso também ao esporte, arte e cultura. O colégio já está em fase final com mais de 90% de conclusão. A previsão é de que seja entregue ainda neste primeiro semestre”, disse a diretora do NTE 11, Izolda Maia.

A unidade terá 34 salas de aula, quadra coberta, campo com grama sintética, pista de atletismo, piscina semiolímpica, vestiários, refeitório e auditório. Mais de 60 trabalhadores de Formosa foram empregados diretamente na construção iniciada em dezembro de 2021.

“A educação é o que transforma a vida das pessoas. Por isso, é muito bom saber que o nosso trabalho junto ao Estado valeu a pena para que possamos ofertar aos nossos jovens uma educação de melhor qualidade. Teremos o prazer de muito em breve receber o governador Jerônimo para inauguração desse importante equipamento”

, afirmou o prefeito Manoel Afonso.

Vale destacar que a educação em tempo integral trabalha o desenvolvimento do aluno em período integral dentro da escola. Ela diz respeito ao tempo em que o indivíduo fica presente dentro da instituição independente de terem matérias além das regulares para o currículo.

A maioria das instituições que adotam esse modelo costuma implementar a extensão do tempo em turno e contraturno escolar. Durante metade de um dia letivo, os alunos estudam as disciplinas que compõem o currículo básico. É o caso do português, da matemática e da biologia. Já o outro período tem aulas ligadas ao desenvolvimento de outras competências e habilidades que podem ser alinhadas junto com a educação integral trabalhando disciplinas que desenvolvam os alunos amplamente como cidadãos ou ter temas regulares como aulas extras de disciplinas regulares.

Fonte: Sigi Vilares

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fala Barreiras