Siga-nos

Educação

BURITIRAMA:
Ato de professores cobra reajuste do piso salarial em valores determinados pela legislação vigente de 33,24%

Proposta de 10,6% de reajuste enviada pela prefeitura é rejeitada pelos professores que cobram o cumprimento da lei 11.738/2008…

Publicado

em

Reajuste Salarial dos Professores

O reajuste salarial dos professores do município de Buritirama, Oeste da Bahia, tem causado um verdadeiro embate entre a prefeitura municipal e os profissionais da educação. As tentativas de acordo entre ambos não tiveram êxito e a demanda continua sem solução.

Conforme ofício encaminhado no dia 18 de março de 2021 à APLB/Sindicato dos Servidores Públicos de Buritirama, a prefeitura formalizou a concessão de 10,6% de reajuste para a categoria. Porém a proposta foi rejeitada pelos professores e o dilema continua causando preocupação à população que teme pela paralização das aulas e pelo prejuízo causado na aprendizagem das crianças que já está bastante prejudicada pela pandemia.

Reajuste Salarial dos Professores

Na tarde do dia 19 de março do ano de 2022, O Sindicato dos Servidores Públicos de Buritirama juntamente com a APLB Sindicato uniram forças e realizaram uma Assembleia Extraordinária com o objetivo de analisar soluções e propostas referentes ao cumprimento do que determina a Lei 11.738/2008 (Lei do Piso do Magistério) e dispositivos legais que garantem o percentual mínimo de 33,24% no reajuste dos salários base dos profissionais do Magistério.

Estiveram presentes professores associados nas duas entidades, representantes do legislativo local, advogados e assessor técnico que apresentaram as ponderações técnicas e jurídicas com base em dados financeiros e dispositivos legais.

Todos os trabalhos foram coordenados pelas diretorias das duas entidades e após ouvirem as ponderações técnicas e jurídicas, os membros associados decidiram de forma unanime REJEITAR a proposta de 10,6% enviada pelo gestor municipal Sr. Arival Marques Viana e ainda, por unanimidade, decidiram pelo valor percentual de 33,24% de reajuste no salário base dos profissionais do magistério com a possibilidade no prazo de 15 dias o gestor apresentar dados que impossibilite o cumprimento do percentual de 33,24% do piso dos magistério.

Reajuste Salarial dos Professores

“Não vamos abrir mão daquilo que é garantido por lei”, palavras de uma professora.

Vale lembrar que os professores de Buritirama reivindicam o cumprimento da Lei Nacional 11.738/2008, que estabeleceu o piso salarial dos professores da educação básica, reajustado pelo Ministério da Educação. O piso em vigor desde janeiro passado é de R$ 3.845,63 mensais por jornada semanal de 40h. O reajuste sobre o piso salarial foi sancionado no dia 4 de fevereiro sendo considerado uma conquista da categoria em nível nacional.

Reajuste Salarial dos Professores
Proposta da prefeitura rejeitada pelos professores

Fala Barreiras