Siga-nos

Educação

BARREIRAS:
CEE-BA Itinerante Território de Identidade da Bacia do Rio Grande celebra 180 anos de gestão colegiada da educação

A Noite da Educação foi marcada com reconhecimentos e homenagens das trajetórias de profissionais e instituições no âmbito da educação em Barreiras

Publicado

em

O CEE-BA Itinerantes São encontros que visam unir e fortalecer as ações do Conselho Estadual de Educação nos Territórios de Identidade, mantendo viva a história do órgão, com realização da “Noite da Educação” nos territórios e do debate para a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para o Ensino Médio.

A realização de noites comemorativas nos municípios sedes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE), é marcada com reconhecimentos e homenagens das trajetórias locais no âmbito da educação. “Nós estamos fazendo algo que não é comum na área da educação que é homenagear, porque temos o hábito de apenas homenagear os que se foram e eles não tem a oportunidade de perceber o quanto são importantes. Então a Noite da Educação traduz esse desejo nosso de homenagear, de consagrar as pessoas que, cada um no seu canto, realiza e faz acontecer a educação na Bahia”, declara Dinalva Melo do Nascimento, conselheira do CEE/BA.

Em Barreiras, Oeste da Bahia, essa data histórica foi celebrada com uma belíssima cerimônia em comemoração aos 180 anos do primeiro órgão colegiado do Brasil. A “Noite da Educação”, que aconteceu nessa sexta-feira (18), no Hotel Solar das Mangueiras, foi uma noite memorável, marcada por muitas homenagens a grandes profissionais e instituições que contribuíram com a formação profissional de inúmeros estudantes de todo o Oeste da Bahia.

De acordo com Ádramo Costa da Silva, Diretor do Núcleo Estadual de Educação da Bahia, o CEE Itinerante é organizado em duas partes: a primeira parte consiste na apresentação do documento curricular referencial da Bahia, que é o documento norteador para aplicação do ensino médio em todas as instituições do estado. A segunda parte do CEE Itinerante é a Noite da Educação em que os educadores do Território são homenageados pelo Conselho.

“Foi um momento de muita troca de experiências, muita troca de informações com a comunidade escolar do Território 11, onde nós homenageamos os educadores do território, educadores esses que nem sempre são reconhecidos e o CEE tenta reparar um pouquinho trazendo a comenda  de 180 anos do conselho que é a comenda Anísio Teixeira, uma comenda feita exclusivamente para o aniversário de 180 anos do Conselho e trazemos essa comenda aqui para  fazer essa justa homenagem aos educadores do Território 11”

, declara Ádramo.

Ainda conforme a conselheira Dinalva Melo do Nascimento, o CEE Itinerante é um projeto audacioso que visa visitar os 27 territórios de identidade da Bahia para sair do contexto da burocracia.

“Na verdade, a ideia é de que a gente possa dialogar, fazer mediação com quem é protagonista da educação verdadeiramente quem está no chão da escola. Isso tem nos trazido alegrias e também um certo desafio, porque sair do conforto das relações só de conselheiros que analisam legislações e fazer propostas normativas de políticas públicas é mais confortável as vezes do que você está percebendo o que efetivamente acontece na escola e quais são suas necessidades, declara Dinalva.

A importância histórica do Colegiado Estadual da Educação, a luta por uma educação antirracista, a cidadania, a democracia e a diversidade foram ressaltadas no evento pelos professores homenageados.  A Reitora da UNEB Adriana Marmori, os professores da UNEB Joaquim Neto, Bosco Pavão, Marilde Queiroz, Nilza Martins e as Instituições IFBA, UFOB e UNEB foram os homenageados e receberam a Comenda Anísio Teixeira.

Para encerrar a Noite da Educação em Barreiras, a diretora do NTE 11, Izolda Maia, destacou a importância da UNEB Campus IX para a formação de tantos profissionais que muito contribuem com a educação do município e de toda a região.

“Nesses 34 anos de história da UNEB, temos orgulho de dizer que também fazemos parte desses profissionais que foram lançados pela UNEB na educação de Barreiras e de toda a região. Quando a gente vê nossos colegas chegando ao posto de uma Magnífica Reitora, nós só temos que reverenciar aos nossos caríssimos professores, aqui tão bem representados por Bosco, Neto e Marilde”, declara Izolda.

Fala Barreiras