Siga-nos

Crianças

A incrível função de desenvolver que o brinquedo exerce na educação infantil

Publicado

em

É muito comum ver os pais preocupados com o desenvolvimento de seus filhos. Será que estão aprendendo direito? Estão conseguindo acompanhar as demais crianças? Apresentam dificuldades em alguma habilidade específica?

Você sabia que os brinquedos podem colaborar, e muito, no desenvolvimento dos seus filhos durante o período de educação infantil? Sim, não é apenas diversão, existe a parte do aprendizado também.

Tenho certeza de que você se lembra dos seus brinquedos favoritos da infância. Bonecas, jogos, bicicletas, todos estavam junto das suas primeiras descobertas. 

Ninguém pode negar que os brinquedos são muito especiais para as recordações infantis, mas, como já mencionamos, suas funções vão muito além.

Indiferente a ser na escola ou em casa, é muito importante que as crianças tenham acesso a brincadeiras que exercitam sua imaginação por meio de brinquedos e brincadeiras. Durante esses momentos descontraídos conseguimos desenvolver habilidades importantes e sua personalidade começa a se formar. 

O brinquedo nada mais é do que um desafio para ser mais criativo e tem um forte papel educador.

Brinquedos e brincadeiras colaborando para o desenvolvimento infantil

Em todas as fases da infância os brinquedos devem estar presentes. Desde os primeiros meses, um urso de pelúcia não é apenas uma companhia, mas também uma ótima forma do bebê treinar suas mãozinhas para pegar objetos com mais habilidade e força.

Um móbile de berço, que parece algo destinado apenas a ser um enfeite, não apenas deixa o seu bebê distraído como também o ajuda a despertar a criatividade. 

Por volta de um ano de idade os jogos de encaixe ganham o coração dos pequenos e colabora com o desenvolvimento da concentração e com a habilidade da coordenação motora.

Os bebês crescem, as crianças enjoam de alguns brinquedos, mas a sua importância nunca deixa de ser a mesma.

Quando maiores, passam a gostar de bicicletas, por exemplo. Por volta de dois anos as pedaladas se transformam em ações super interessantes e, além do espírito de aventura, fazem com que eles tenham mais equilíbrio. Isso vai ajudar a reduzir tombos e machucados.

Ainda no processo de crescimento, quando se tornam falantes e começam a soltar frases para todos os lados, os jogos símbolos passam a fazer mais sentido. É quando bonecas, carrinhos, c astelos e panelinhas entram nas brincadeiras para expressar emoções e “fazer de conta” que estão vivendo como os pais. Imitando os adultos. 

As brincadeiras são muito importantes para o desenvolvimento infantil e são os brinquedos que as deixam mais ricas e interessantes. Brincando a criança descobre como viver nesse mundo, a compartilhar em sociedade, lidar com os amiguinhos e, até mesmo, entender as próprias emoções.

Atividades espontâneas são importantes para aprender a lidar com a criatividade e desenvolver a habilidade cognitiva. Além disso, os brinquedos estimulam a concentração, a memória e a coordenação.

Por isso, as atividades criativas com brincadeiras e brinquedos devem ser extremamente estimuladas e as crianças precisam se sentir livres para explorar as melhoras atividades tanto em casa quanto na escola.

Cada idade um conceito diferente de brinquedos e brincadeiras 

É claro que você não vai sair por aí comprando qualquer brinquedo e entregando para a criança. É preciso estar atento a todas as orientações do fabricante que ficam estampadas na embalagem do produto. Essa é uma questão de segurança muito importante.

Existem alguns brinquedos que, apesar de extremamente estimulantes e divertidos, podem conter peças pequenas que, se engolidas por acidente, podem até mesmo provocar a morte. 

Sem contar que, existe também um fator muito importante a ser levado em consideração antes de adquirir um brinquedo, o fator interesse demonstrado pela criança a ser presenteada.

É importante salientar que, se uma criança de dois anos demonstra interesse por um determinado brinquedo, não significa que todas as crianças daquela mesma idade se interessaram pelo mesmo brinquedo.

Isso acontece porque nem todos se desenvolvem com a mesma velocidade e nem com as mesmas habilidades. 

Concluindo, é muito importante levar em consideração que os dois primeiros anos da vida de uma criança são repletos de descobertas incríveis e que serão extremamente significativos para eles. Use a abuse de brinquedos que tornem os sentidos mais aguçados, como a audição. 

Já no primeiro ano você pode dar início a brincadeiras que desenvolvam a coordenação motora. E a partir dos dois anos brinquem bastante com jogos em grupo e desenhos.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Barreiras Notícias - Fala Barreiras