Siga-nos

Construção Civil

A tecnologia aplicada na construção civil de Barreiras

Com um mercado competitivo e clientes cada vez mais exigentes, tanto os profissionais quanto as empresas precisam se modernizar constantemente…

Publicado

em

Tecnologia

Imagem meramente ilustrativa | Foto: Reprodução Trecento Engenharia

A tecnologia na construção pode ser definida como o estudo e aplicação de técnicas, métodos e ferramentas utilizadas na indústria da construção civil. Nos últimos 15 anos, os pesquisadores estão se dedicando cada vez mais a desenvolver novas tecnologias da construção.

O propósito é criar produtos resistentes, leves, econômicos e sustentáveis. O esforço desses cientistas resultou em materiais com atributos impressionantes, que incluem até autorregeneração. Essas inovações permitem vislumbrar grandes possibilidades para o futuro da construção civil. Como esse segmento pertence ao ramo da engenharia, é natural que seja bastante influenciado por invenções e inovações tecnológicas.

Essas novidades viabilizaram e continuam gerando progressos na construção. Em geral, a evolução tecnológica ocorre em resposta à busca por maior produtividade e lucros – objetivos de indústrias de todas as áreas.

Para alcançar tais metas, muitas organizações investem em pesquisa e desenvolvimento, além de se manterem atualizadas sobre os instrumentos e novas teorias disponíveis no mercado. Essa prática é comum desde o surgimento dessas instituições, mas ganhou velocidade com a era da globalização e, mais recentemente, com a quarta revolução industrial.

O uso da tecnologia é um fator essencial para conferir eficiência às atividades de produção na construção civil. Em Barreiras, as inovações tecnológicas são aliadas importantes na redução, ou até eliminação de um dos maiores problemas do setor: o desperdício.

Devido à sua relação direta com a economia, o setor também sofre influência das crises econômicas. Mas é justamente nos momentos difíceis que funcionários e gestores precisam buscar soluções, como a tecnologia, para otimizar os serviços. Por isso, a tecnologia na construção civil fica mais popular a cada dia, possibilitando soluções para problemas frequentes do setor.

Sem reforços da tecnologia, fica difícil cumprir as metas, resultando em atrasos na entrega, que são relativamente comuns quando se fala em construção civil. De acordo com estudos, desde o início do século 21, empresas desse setor enfrentam um momento de transição, evidenciado por consumidores mais exigentes, maior concorrência e descrédito de organizações.

Investir em tecnologia é essencial para esses três quesitos, pois viabiliza o desenvolvimento e emprego de materiais e processos modernos e inovadores. Isso gera construções de maior qualidade, erguidas através de projetos ágeis e com custo reduzido.

O crescimento populacional em Barreiras e a concentração das pessoas na cidade acabam gerando a necessidade de um processo urbanístico verticalizado, que consiste basicamente na construção de grandes  edifícios. Além disso, exige que o crescimento populacional da cidade (densidade) seja acompanhado com a construção de obras cada vez mais complexas relacionadas com o transporte, comércio, hospitais etc.

É uma demanda que acaba exigindo do setor da Construção Civil um menor tempo de execução, a eliminação dos desperdícios nas obras, a redução dos custos operacionais dos canteiros de obras e o uso de novas tecnologias que melhoram o desempenho operacional e técnico do processo de construção.

A partir de 2020, começou a surgir diversos softwares que já vão além do simples desenho da planta da obra, algumas tecnologias geram a planta em 3D com um detalhamento gigantesco de informações que podem ser compartilhadas e visualizadas dentro do próprio canteiro de obras.

Além de gerar as plantas, já existem funcionalidades que realizam cálculos na planta, simulando efeitos do calor, de sobrecarga e de outras interferências que uma estrutura normalmente sofre. As tecnologias permitem modelar e determinar os custos diretos de uma obra e integrar com a Segurança e Saúde Ocupacional do Canteiro de Obras.

Alguns exemplos do uso da tecnologia na construção civil de Barreiras são os produtos pré-fabricados que proporcionam economia de dinheiro e tempo, pois são produzidos fora do canteiro de obras. Estruturas em concreto para diferentes finalidades são exemplos de produtos pré-fabricados, que são adquiridos e instalados com agilidade.

O concreto é o segundo material de construção mais utilizado no mundo, perdendo somente para a água. Estima-se que, anualmente, sejam consumidas 11 bilhões de toneladas de concreto de acordo com a Ibracom.

Além disso, otimizar os processos de construção, reduzir os custos de erros de dimensionamento ou cálculo de materiais, estruturais, gerar um produto com mais valor agregado e, mais recentemente, aplicar na Segurança do Trabalho no Canteiro de Obras são outros exemplos utilizados pelas construtoras de Barreiras.

O avanço da sociedade também é associado com a popularização das tecnologias e um dos principais meios que está facilitando o uso, desenvolvimento e popularização de tecnologias, conhecimentos, informações e dados sobre uma máquina, método de trabalho, tipos de soluções, produtos disponíveis, maneiras de construir, entre outros, é a internet.

A internet é uma plataforma que está alterando a maneira de produzir, comercializar, aprender, ensinar, cuidar da saúde, buscar novas oportunidades de empregos, entre outras situações que influenciam o dia a dia também da indústria relacionada com Construção Civil.

Deste modo, as tecnologias na construção civil de Barreiras devem apoiar o desenvolvimento dos projetos estruturais, hidráulicos, de fundações, de montagem, desmontagem, entre outros. E, mais recentemente, a tecnologia deve também projetar e melhorar a Segurança e Saúde Ocupacional na Construção Civil. A tecnologia também se torna aliada no processo de recuperação mais eficiente das próprias atividades industriais da Construção Civil.

Fala Barreiras