Siga-nos

Cinema

Reynaldo Gianecchini responde a críticas por papel de drag queen em ‘Priscilla, a Rainha do Deserto

Descubra como Reynaldo Gianecchini superou críticas e medos ao protagonizar o icônico musical “Priscilla, a Rainha do Deserto” em São Paulo.

Publicado

em

Reynaldo Gianecchini Priscilla musical

Reynaldo Gianecchini responde a críticas por papel de drag queen em ‘Priscilla, a Rainha do Deserto | Foto: internet / Divulgação

Cinema– Reynaldo Gianecchini, renomado ator brasileiro, recentemente enfrentou um dos maiores desafios de sua carreira ao protagonizar o musical “Priscilla, a Rainha do Deserto”. Em entrevista no programa Domingão, Gianecchini compartilhou experiências sobre este papel transformador, que o levou a enfrentar medos e críticas diversas.

Superando Preconceitos e Desafios Pessoais

No palco do Domingão, Gianecchini descreveu o processo como um desafio pessoal significativo, onde enfrentou “seus piores medos”. O ator falou sobre a recepção inicial ao seu papel, marcada por críticas de diferentes grupos, incluindo aqueles com preconceitos homofóbicos, entusiastas do teatro musical que sentiam que um espaço estava sendo “roubado”, e membros da comunidade LGBT que questionavam sua representatividade.

A Arte de Transformar Percepções

Apesar das adversidades, Gianecchini destacou a evolução da percepção do público. O musical, que celebra a cultura drag, tem ajudado a derrubar estereótipos e promover uma maior aceitação da diversidade artística. “É muito lindo, porque hoje em dia a gente oferece esse espetáculo, e tudo isso cai por terra”, comentou o ator, ressaltando o poder transformador da arte.

Aprendizado e Humildade no Palco

Diego Martins, colega de elenco, elogiou a dedicação de Gianecchini ao papel. Segundo Martins, a humildade de Gianecchini em aprender e se envolver profundamente com a cultura drag foi essencial para o sucesso de sua atuação. “Giane tira a arte drag do lugar marginalizado”, afirmou Martins, destacando como o ator contribuiu para trazer visibilidade e respeito para a arte drag.

Reynaldo Gianecchini, ao encarar o desafio de protagonizar “Priscilla, a Rainha do Deserto”, não apenas expandiu seus horizontes artísticos, mas também contribuiu significativamente para mudar narrativas e promover a inclusão através da arte. O ator provou que, mais do que entretenimento, o teatro musical pode ser um espaço de diálogo, aprendizado e transformação social.