Siga-nos

Agro

Menos custos com a conta de energia agroindustrial

Abapa fornece curso gratuito voltado à eficiência energética, in loco, e com diagnóstico para algodoeiras e sistemas como pivôs…

Publicado

em

Energia Agroindustrial

Produzir mais com menor custo é uma meta de todo cotonicultor, e que se aplica a todas as etapas da produção, principalmente, nas algodoeiras e pivôs de irrigação. Por isso, desde março, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) vem fornecendo cursos e, na oportunidade, diagnósticos para as fazendas que buscam eficiência energética em seus processos. Até o momento, já foram 44 pessoas capacitadas, em seis fazendas, e o serviço é inteiramente gratuito, ofertado pelos profissionais do Centro de Treinamento da Abapa – Parceiros da Tecnologia.

“O CT fornece o curso de formação básica para trabalhadores que atuam como auxiliares de manutenção em serviços que envolvam a elétrica e a mecânica no segmento agroindustrial, e, junto com o curso, se for do interesse da fazenda, promovemos uma inspeção e análise estrutural, e apontamos as oportunidades de melhorias” explica o engenheiro de controle e automação, Jonas Fernandes, que é instrutor do CT. Ele diz, ainda, que este serviço é voltado não apenas para algodoeiras e pivôs, mas a todos os sistemas que envolvam acionamento de bombas e demais mecanismos com motores elétricos.

“No curso, abordamos as normas técnicas e todas as questões relativas à segurança nos processos produtivos, como o uso correto dos EPIs, dentre outros aspectos. Já na análise estrutural, avaliamos desde o aterramento até os sistemas de proteção contra descargas atmosféricas. Tudo isso, num prazo de três dias, nos quais está contemplado o treinamento com 24 horas de duração”, afirma Fernandes.

Joselmo Fagundes é o g erente administrativo da FMP Algodoeira do Oeste, a primeira da região a receber o treinamento e passar pela análise de inspeção da Abapa. “O curso foi muito bom, porque garantiu a nossos profissionais do grupo de mecânicos um conhecimento teórico e prático, para embasar o que eles sabiam apenas empiricamente. Mas a análise de inspeção foi fundamental, pois nos apontou os nossos pontos fracos e falhas, e isso, quando direcionando para o nosso eletricista, vai nos ajudar a aprimorar os nossos procedimentos”

, considera Fagundes.

Para o presidente da Abapa, Luiz Carlos Bergamaschi, este benefício para o cotonicultor está totalmente alinhado com a missão da associação “que é defender o interesse dos produtores de algodão da Bahia e fomentar o desenvolvimento da cotonicultura baiana e brasileira. Isso é feito sem que o interessado precise realizar gastos extras, graças aos recursos do Instituto Brasileiro do Algodão, o IBA”, explica Bergamaschi, ressaltando que a inspeção não invalida as eventuais auditorias que o produtor já tenha contratado. “É algo a ser somado, numa perspectiva diferente. Nas fazendas que já atendemos, o diagnóstico tem ajudado a apontar divergências e, consequentemente, a evitar perdas em eletricidade”, concluiu. Os interessados no serviço devem procurar o Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia, pelo telefone (77) 3639-6832 ou pelo e-mail [email protected].

Energia Agroindustrial

Catarina Guedes –Imprensa Abapa

Deputado Antônio Henrique Jr. recebe as reivindicações da população do LEM

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 20
Falabarreiras Notícias 42
Falabarreiras Notícias 43

Barreiras Notícias - Fala Barreiras