Siga-nos

Agro

Abapa vai abrir turmas exclusivas para mulheres para cursos de operação e manutenção de trator agrícola e de empilhadeira

Os cursos serão executados pelo SENAR…

Publicado

em

Cursos Senar

Quem ainda diz, em pleno século 21, que lugar de mulher é “pilotando fogão” não conhece as quase 30 alunas que, em breve, estarão capacitadas a operar e manter tratores agrícolas e empilhadeiras, em dois cursos oferecido pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), em seu Centro de Treinamento, em Luís Eduardo Magalhães. No dia 05 de outubro, essas futuras alunas participaram de uma palestra inaugural, proferida pela vice-presidente da Abapa, Alessandra Zanotto, no CT. A iniciativa foi proposta pelo projeto Mulheres Protagonistas, que atua voluntariamente na qualificação profissional e empoderamento feminino em Luís Eduardo Magalhães. Os cursos têm parceria com o SENAR e a Agrosul John Deere.

“Já promovíamos cursos de saboaria, inglês, espanhol e artesanato para mulheres, de uma forma colaborativa. Cada uma das sete integrantes do projeto Mulheres Protagonistas ensinando o que sabe. Agora, com a Abapa, estamos realizando um sonho. Dando oportunidades para essas alunas atuarem em uma área de grande demanda profissional na região. Isso vai transformar vidas”, disse Shirley Costa, voluntária do Mulheres Protagonistas.

Cursos Senar

Na plateia, Ana Claudia Silva, 40 anos, futura aluna do curso de Operação e Manutenção de Trator Agrícola, não escondeu sua empolgação pela oportunidade. Ela está desempregada, no momento, e costumava trabalhar como secretária, uma profissão que se consolidou através das décadas como parte de um nicho feminino. Partir para o universo das máquinas pesadas, tradicionalmente masculino, não a assusta.

“Já dirigi trator quando cheguei aqui em LEM, há mais de 20 anos.  Mas eram máquinas antigas. Essa é uma chance que eu e as minhas colegas vamos ter de sermos reconhecidas e valorizadas, mostrando que a qualidade do nosso trabalho é igual ou melhor que a dos homens. Quem sabe, poderemos disputar um lugar no mercado com eles em pé de igualdade”, vislumbra. Ana Claudia também revelou sua admiração com a fala de Alessandra Zanotto, produtora rural, uma das forças que movem o Grupo Zanotto, e vice-presidente da Abapa.

“É uma mulher forte. Todas nós ficamos impressionadas com a história e a energia dela”, afirmou. A palestra também inspirou Jaciara Coelho, 40 anos, que disse que sempre teve vontade de aprender a pilotar máquinas pesadas. “Todo mundo diz que sou uma ótima motorista, e até já dirigi ônibus e caminhão, mas não profissionalmente. Esse curso vai ser uma ótima oportunidade”, disse.

Para Alessandra Zanotto, o trabalho de qualificação profissional, desenvolvido pela Abapa com empresas parceiras, é uma grande contribuição da entidade para o desenvolvimento da região Oeste da Bahia. “É algo que traz retorno para quem é capacitado e para o mercado. Todos ganham, inclusive o produtor rural, que precisa de colaboradores em dia com as novidades tecnológicas, que evoluem a cada dia”, explica Alessandra Zanotto. “Promover essa oportunidade para mulheres tem ainda mais significado, em um setor que vem ampliando espaços e presença para nós. Minha história, como agricultora e empresária do agro, é a mesma de muitas outras, mas se pudermos inspirar uma mulher que seja, já estaremos muito felizes”, concluiu a vice-presidente.

A palestra inaugural foi um aquecimento para as duas turmas que ainda serão formadas em cada um dos cursos. Operação e Manutenção de Trator Agrícola tem carga horária de 40 horas e previsão de início em 03 de novembro. Logo na sequência, começam as turmas de Operação e Manutenção de Empilhadeira, de 16 horas. Os cursos serão executados pelo SENAR.

Cursos Senar

Para mais informações, www.abapa.com.br e (77) 3639-6832

Catarina Guedes | Imprensa Abapa

Barreiras Notícias - Fala Barreiras